Promover o contínuo crescimento dos ex-alunos do Processo Hoffman, de forma que os benefícios obtidos com o curso possam, cada vez mais, se multiplicar e perpetuar. Este foi um dos objetivos delineados na Conferência Internacional Hoffman, realizada no Canadá, entre os dias 06 e 11 de junho.

O evento, conduzido com extrema amorosidade e calor humano, reuniu os dirigentes das organizações afiliadas ao Instituto Hoffman Internacional que aplicam o Processo em 14 países. Outros pontos importantes também foram traçados como, por exemplo, levar o curso a um número maior de pessoas e profissionais no Brasil e no mundo.

Grupos de trabalhos, formados pelos próprios gestores, foram criados para concretizar os propósitos estabelecidos. Cada um se aprofundará sobre um objetivo e irá elaborar, aplicar e medir o resultado de novas iniciativas para que as mesmas possam ser compartilhadas e multiplicadas pelos afiliados.

O Centro Hoffman está à frente da coordenação de dois grupos de trabalhos: um deles visa à melhoria do bem-estar dos profissionais que trabalham com o Processo Hoffman e o outro tem como preocupação o bem-estar dos ex-alunos. “Vamos nos debruçar sobre como ampliar os benefícios pós Processo, este cuidado com o ex-aluno é uma forte preocupação do Centro Hoffman”, ressalta Heloísa Capelas, diretora de desenvolvimento humano da organização.

Heloísa explica que os trabalhos serão desenvolvidos em 18 meses. “Iremos colher as melhores práticas para aprimorá-las, difundi-las e instituí-las”. Os resultados serão apresentados na  próxima Conferência, que acontece em 2012, na Espanha.

hoffman_intern-ahoffman_intern-l hoffman_intern-e hoffman_intern-j hoffman_intern-f hoffman_intern-g