“O bom exemplo começa em casa” e “educação vem de berço”. É o que dizem por aí, não é verdade? Muita gente usa essas máximas de forma pejorativa, mas quero propor que você pense comigo no real significado dessas sentenças: se é verdade que o bom exemplo começa em casa, quais foram os bons exemplos que você mesmo aprendeu na sua casa de infância?

Quais comportamentos, valores e crenças dos seus pais você carrega consigo até hoje? O que você fez e ainda faz com essas orientações, instruções e ensinamentos ao longo da sua vida? Quantas dessas lições ainda segue à risca e quantas descartou por qualquer motivo?

Temos falado bastante sobre seu papel como mãe/pai, mas agora quero conversar justamente sobre sua trajetória como filho(a). Você pode nem perceber, mas a criação dos seus pais impacta muito o jeito que, hoje, educa seus filhos. Ah, e essa influência se dá tanto para o bem, como para o mal.

Então, quero saber se você está pronto para um desafio: olhar para a sua história e começar a descobrir como chegou até aqui.

Por exemplo: conheço uma porção de gente que teve pais muito autoritários. Aí, então, do alto de suas sabedorias infantis, essas pessoas decidiram ali, na infância mesmo, que nunca mais receberiam ordens de alguém. Resultado: tornaram-se, elas próprias, autoritárias como os pais. Ou ao contrário: foram tão mandadas quando pequenas que agora, adultas, preferem a submissão ao outro.

O mesmo processo aconteceu com você, comigo e com todas as pessoas ao nosso redor. E somente quando tomamos consciência disso é que podemos romper com os valores e crenças infantis que permaneceram arraigados em nosso jeito de ser. Olhar para trás, com honestidade, isenção, carinho, é um dos primeiros passos para desenvolver Autoconhecimento.

Consequentemente, poderemos transformar, para melhor, os pontos em que temos deixado a desejar com nossos filhos.

Nosso papel é o de ensiná-los a terem amor à vida e, para isso, muitas vezes, precisamos avaliar quanto de amor temos dado às nossas próprias vidas. Falei sobre isso numa matéria pra qual concedi entrevista ao lado de outros especialistas: “Entre Pais e Filhos”.

O começo da trajetória do Autoconhecimento pode até parecer difícil, mas de verdade é simples e te garanto que vale muito a pena!

Temas: ,

CEO do Centro Hoffman, é expert em Autoconhecimento e Inteligência Comportamental, considerada uma das maiores especialistas no método Hoffman no Brasil. Palestrante, Coach, Master Practitioner em PNL, Consteladora Sistêmica, autora de "O Mapa da Felicidade" e de "Perdão, A Revolução que Falta", além de coautora de mais sete livros sobre Gestão de Pessoas, Liderança e Coach.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.