capa-relacionamento-a-doisQuando o assunto é o relacionamento a dois, muitos de nós vivemos dificuldades para manter uma relação saudável, estável e durável, quando apenas o que buscamos é estarmos bem e felizes com o outro.

Este é um dos temas que até hoje borbulham em minha sala de aula, tanto por parte das mulheres como dos homens, e olha que são cerca de 30 anos atuando com Autoconhecimento.

E as dificuldades existem no começar, no manter ou mesmo para findar uma relação com respeito pelo outro – sim, isso é possível!

Também quem está junto há uma longa data reclama que falta algo: companheirismo, comprometimento, atenção, sexo etc.

A carência e o individualismo excessivos, por exemplo, figuram bastante entre as queixas. Quando isso acontece – ou seja, quando dois perfis aparentemente divergentes se encontram na mesma relação – fica, de um lado, um parceiro constantemente insatisfeito com o que o outro entrega, enquanto o outro fica sufocado diante da frustração de nunca ser bom o suficiente. Resultado: ninguém fica feliz.

Como fazer dar certo? Primeiro, você precisa olhar para você.

E como muita gente me pede ajuda sobre este assunto, preparei um conteúdo que pode auxiliar você no relacionamento a dois. É só CLICAR para fazer download.

Com esse eBook, espero que você consiga voltar os olhos para si para identificar eventuais comportamentos que possam estar atrapalhando sua vida amorosa e obter novos ganhos.

Temas: , ,

CEO do Centro Hoffman, é expert em Autoconhecimento e Inteligência Comportamental, considerada uma das maiores especialistas no método Hoffman no Brasil. Palestrante, Coach, Master Practitioner em PNL, Consteladora Sistêmica, autora de "O Mapa da Felicidade" e de "Perdão, A Revolução que Falta", além de coautora de mais sete livros sobre Gestão de Pessoas, Liderança e Coach.

3 respostas para “Relacionamento a dois: como seu comportamento cria a relação que você tem?”

  1. Neto Casemiro disse:

    Esse tipo de visão realmente faz a gente olhar as coisas com outra perspectiva.

  2. adorei artigo muito interessante. Gostei bastante!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *