O Autoconhecimento é essencial para melhorar o relacionamento entre pais e filhos por uma razão simples: os pais que desejam conhecer, aproximar-se, entender ou simplesmente amar aos próprios filhos precisam, antes, fazer tudo isso por si mesmos.

E apenas quando tiverem verdadeira consciência de quem são é que saberão olhar para os filhos com a honestidade necessária.

Digo isso porque, com frequência, ouço reclamações como: “meu filho não tem disciplina”; “meu filho não é comprometido”; “meu filho só me cobra presentes e bens materiais”, entre tantas outras. E eu pergunto: com quem ele aprendeu esse comportamento? Certamente, com os próprios pais ou pais substitutos (cuidadores).

Assim como nós copiamos e repetimos o que nossos pais e cuidadores nos ensinaram, nossos filhos fazem e farão o mesmo. Destaco aqui uma informação importante: rejeitar o que fazem os pais e adotar uma postura completamente inversa é resultado também do que se aprende na infância. Se minha mãe (ou meu pai) foram muito submissos, eu posso me rebelar e ter verdadeira repulsa em ser uma pessoa assim, tornando-me extremamente autoritária. Este “rebelar” é um aprendizado que tem como base o que vivemos de negativo ou doloroso (para nós) na infância.

Sendo assim, pergunto: seus filhos lhe veem estimulados? Com o quê? Quando fala do seu trabalho, qual é a história que você conta para eles? Você é apaixonado pelo o que faz? Dedica-se muito ao trabalho para ter dinheiro? Qual seu propósito na vida? Qual sua grande paixão? Você tem um hobby? Você se alimenta adequadamente, pratica exercícios, é comprometido com sua saúde? Tem tempo para o lazer? 

Percebe por que tudo isso é tão importante? Os exemplos, bons ou ruins, vêm de casa. Então, tudo o que você mostra e pratica é o que eles recebem e assimilam como valor, como crença, como princípio.

Se você trabalha por dinheiro, por exemplo, lembre-se que isso é seu valor, por consequência, terá influência direta nos valores dos seus filhos. Então, se eles não demonstram entusiasmo com a rotina de tarefas, se não cuidam de si mesmos, se não têm disciplina, pode apostar: tudo isso vem da observação que fazem do seu comportamento e das verdades que absorveram com você desde pequenos.

Resumindo: se você quer o melhor para os seus filhos, comece, desde já, a fazer o melhor por você! Como? Descobrindo a si mesmo.

Aceite o desafio de percorrer a trajetória do Autoconhecimento. Procure nossa equipe e informe-se sobre o Processo Hoffman, curso aplicado pelo Centro Hoffman, cujos resultados são cientificamente comprovados. Além de conquistar autoestima, amor-próprio, bem-estar, plenitude e construir novas perspectivas de futuro, você ainda terá a chance de descobrir o que fazer para transformar muito positivamente o relacionamento com seus filhos. Quem afirma são os nossos ex-alunos: segundo estudos, 90% deles experimentaram, após o curso, relacionamentos muito melhores com os filhos.

Para contatar nossa equipe: [email protected] ou (11) 3648-3340.

Temas: , ,

CEO do Centro Hoffman, é expert em Autoconhecimento e Inteligência Comportamental, considerada uma das maiores especialistas no método Hoffman no Brasil. Palestrante, Coach, Master Practitioner em PNL, Consteladora Sistêmica, autora de "O Mapa da Felicidade" e de "Perdão, A Revolução que Falta", além de coautora de mais sete livros sobre Gestão de Pessoas, Liderança e Coach.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.